Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Edward Snowden poderá rumar para a Venezuela

por franciscofonseca, em 09.07.13

Edward Snowden, o analista informático e ex-consultor da CIA que está por trás da divulgação do esquema escandaloso de vigilância eletrónica dos Estados Unidos, que está há duas semanas bloqueado na zona de trânsito de um aeroporto de Moscovo, poderá ter aceite a oferta de asilo político apresentada pelo governo da Venezuela. Será que o Presidente da Venezuela lhe dará uma boleia no avião presidencial? E, Portugal desta vez autorizará a passagem do avião pelo espaço aéreo português e a fazer escala em Lisboa?

O funcionário da CIA acreditava planamente nos planos de Washington e na nobreza das intenções americanas de libertar povos oprimidos pelo mundo fora. Mas brevemente compreendeu que estava envolvido numa operação para manipular o povo, para criar um determinado estado de espírito. Snowden confessou que os excessos dos serviços secretos continuam a devassar a vida de milhões de pessoas em todo o mundo e a destruir a privacidade e a liberdade com máquina de vigilância.

Bem mas a máquina, não se fica pela vigilância dos cidadãos, pois monitoriza e espia instituições internacionais e governos de outros países, incluindo os seus aliados. Ficou-se a saber também que os Estados Unidos espiam a missão da União Europeia em Nova Iorque, embaixadas de Itália, França, Portugal, Alemanha e Grécia e a dos países do Médio oriente. Que os EUA usam parcerias com empresas telefónicas americanas para aceder a redes de comunicação de países como a China, Índia, Paquistão e Brasil.

Esta novela vai ter um fim trágico para o protagonista, pois seja qual for o destino do jovem informático, os serviços secretos norte-americanos encarregar-se-ão de o tirar de circulação. Fico surpreso que estas revelações tenham despoletado tanto espanto e admiração, nos líderes das principais instituições e dos governos europeus. Isto só prova que esta gente vive noutro mundo, muito distante do mundo real. Vivendo nós na era da informação exponencial, parece-me óbvio que quem controlar a informação assume o controlo das políticas mundiais e da economia global.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:24



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D