Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Euro pode mesmo acabar

por franciscofonseca, em 14.01.11

 

O presidente francês, Sarkozy, afirmou que vai lutar com todas as forças, pela manutenção do euro e que não deixará os especuladores acabarem, com um símbolo do projecto europeu. Então é mesmo verdade que o euro está em risco de continuar, pois quando se luta contra alguma coisa é porque existe uma ameaça.

A Europa esta a braços com a maior crise desde que existe a moeda única, alguns dos seus membros já foram socorridos, os casos da Grécia e Irlanda, perfilando-se Portugal, como o próximo país a ser intervencionado. Mas muitos outros, encontram-se em maus lençóis, como são o caso da Espanha e Itália. Quem neste momento dirige as operações é sem dúvida, o eixo franco-alemão.

Assim sendo, Angela Merkel vem dizer que está empenhada, com todos os Estados membros, na resolução desta crise. A sua mensagem é muito clara, a Alemanha fechou as torneiras do dinheiro, deixou de suportar o devaneio e a bacoquice dos políticos destes países, que não foram capazes de aproveitar as oportunidades, para criar estruturas produtivas, capazes de potenciar o desenvolvimento económico e social.

Finalmente, temos o duque que falta, para completar o trio de ataque, o presidente da Comissão Europeia, José Barroso, como é conhecido cá na terra. Anunciou um conjunto de medidas, que passam por um controlo mais apertado, das políticas de consolidação fiscal. Estas medidas, segundo José Barroso, devem ser encaradas como um forte sinal a favor da estabilidade na zona do euro, nomadamente na tranquilização os mercados de dívida soberana. Pois meus senhores, desenganem-se, como diz o velho ditado, quanto mais se baixam, mais se vê o rabinho e os mercados não tem contemplações. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:26


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D