Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Hoje este tema surgiu em conversa com a minha esposa. Falávamos de trabalho, objectivos e oportunidades. Todos temos objectivos ao longo da vida. Algumas vezes são alcançados, outras, porém, não são atingidos. Quem nunca se interrogou, até os mais brilhantes, de como acontecem os insucessos. Constitui factor fundamental a forma como estruturamos e delineamos o caminho do sucesso, para lá chegar. Assim, é fundamental sermos específicos, claros e precisos, quanto aos objectivos pretendidos.

Hoje, o tempo é factor fundamental nas nossas vidas, a velocidade quotidiana é impressionante, a maioria lamenta-se por não ter tempo. Não devemos deixar passar as oportunidades, por isso devemos estabelecer períodos semanais para planeamento e cumprimento dos nossos objectivos, caso contrário, as oportunidades fogem por entre os dedos. A verificação constante da nossa estratégia deve ser feita, em curtos períodos de tempo.

Nada se consegue sem esforço, a perseverança e a persistência são os aliados essenciais, assim como, o pensamento positivo e acreditar nas nossas capacidades. Muitas vezes pensamos que somos bons em determinada área, mas, apesar da inteligência e aptidões, a concentração deverá passar sempre por melhorar, em vez de pensarmos que somos bons. A força de vontade deve ser um compromisso constante, com os objectivos estipulados.

A nossa musculatura mental por vezes é frágil, devemos exercitar o autocontrolo, no sentido de aumentar a nossa força mental, para encarar novos desafios. Devemos reconhecer os nossos limites, caso contrário, podemos esgotar as energias. Mesmo os mais brilhantes e bem-sucedidos sabem que não devem colocar a fasquia demasiado alta, ainda mais, quando os objectivos já são difíceis. Algumas vezes atribuímos a culpa ao destino, olhamos mais para aquilo que somos, do que para aquilo que fazemos. Só quebrando esta rotina mental é que conseguimos entrar no caminho da inovação pessoal, ou seja, conseguir mais sucessos e deixar para trás os fracassos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:11


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D