Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



lixeira humana encontrada em Portugal

por franciscofonseca, em 04.01.11

Em Portugal, a política de estrangeiros está de rastos, pois, foi necessário efectuar várias denúncias, para que um canal de televisão fizesse uma reportagem sobre 40 cidadãos romenos, que viviam numa antiga fábrica em Almada, a mais de três anos, no meio do lixo, dejectos, ratazanas, violando todos os mínimos de salubridade pública, em condições sub-humanas, indignas para qualquer o ser humano.

Passada que foi a reportagem, uma associação humanitária 4ever Kids, liderada por Luís Figueiredo encetou esforços para providenciar o seu regresso à Roménia, pois, esse era o seu maior desejo. A situação foi de imediato desbloqueada por uma empresa privada e por um particular, que custearam o seu regresso.

Este grupo foi vítima de mais uma rede de tráfico de pessoas, que operam por toda a Europa de forma clandestina. Eu tinha o nosso país, como um Estado de direito democrático, onde as liberdades e os direitos humanos eram dignamente respeitados. Como é possível, no meu Portugal, passarem três anos e nenhuma autoridade competente foi capaz de resolver este problema, de tão fácil resolução.

Eu sei que os nossos governantes andam mais preocupados com o deficit, com as próximas eleições presidenciais, mas, as autoridades camarárias, policiais, de saúde pública, governo civil, andam ocupadas com o quê? Quando convivemos naturalmente, como se nada fosse, com este estado de coisas, algo de muito grave vai a respeito, dos direitos humanos de um país. Defendo que a dignidade humana nunca deve ser colocada em questão, seja por que condição for. Só deixaremos um mundo melhor aos vindouros, se todos nos esforçarmos muito mais agora, em prol do respeito pela dignidade humana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D