Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

O centro de tropas de comandos do exército português foi alvo um incidente muito grave. Desapareceram 10 armas de calibre de guerra, duas espingardas automáticas G-3 de 7,62 milímetros, duas pistolas-metralhadoras HK MP5 de nove milímetros e mais seis pistolas USP, não se sabendo até à data o seu paradeiro. Normalmente, os depósitos de armamento nas unidades militares são pela sua natureza, os locais melhor protegidos.

Não ficaria nada surpreso, que se viesse a constatar, que o quartel tenha sido alvo de uma infiltração, por parte do crime organizado e violento, que alastra em Portugal. Hoje, a disciplina que impera, nestas unidades de tropas especiais, nada tem a ver com a que imperou noutros tempos. O facilitismo, a desresponsabilização, a indisciplina, são os novos valores das novas gerações, com reflexo directo nas condutas individuais, no sentimento de pertença, na unidade colectiva e na operacionalidade.

O tráfico de armas é um problema gravíssimo para a segurança dos Estados, sendo um dos principais negócios do crime organizado, acabando por gerar desvios graves nas sociedades. As estatísticas oficiais da UN dizem que andam em circulação no mundo, 640 milhões de armas, que são responsáveis por meio milhão de mortos por ano.

Bem, se os nossos quartéis não apresentam condições de segurança, o melhor é mesmo fechá-los. Poupa-se muito dinheiro e podem servir outras causas muito nobres. Por exemplo, albergar todos aqueles que vivem nas ruas, dos principais centros urbanos, servir de abrigo provisório para centenas de imigrantes ilegais, que aterram no nosso país, trazidos pelas redes de tráfico internacional de seres humanos. Acho que poderia ser uma boa solução.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:24



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D