Blog de crítica e opiniões sobre as políticas que afetam negativamente a humanidade. O Homem na atualidade necessita urgentemente de arrepiar caminho, em busca de um novo Mundo!

25
Mar 11

 

Com o fim-de-semana, este post é dedicado às skins parties. Estas festas começaram na França, principalmente na luxuriante capital parisiense, em locais privados, sendo anunciadas, alguns horas antes no Facebook. Estas festas são um grito de satisfação, aos fins-de-semana, para milhares de adolescentes, oriundos das famílias mais abastadas, que vestem roupas de acordo com as suas próprias fantasias e seus avatares. Estas festas são "orgias de adolescentes" onde os jovens arriscaram a vida, devido aos excessos de álcool e overdoses com drogas.

Os responsáveis governamentais franceses, liberais por excelência, começam a ficar preocupados, principalmente, com o facto de este fenómeno estar a alastrar à indústria lucrativa, que organiza skins parties em estabelecimentos de diversão nocturna, fazendo as delícias dos jovens gauleses. Muitos adolescentes contestam os clubes de diversão nocturna, pois defendem que estas festas devem ter lugar, somente em ambiente privado.

Os pais não estão assustados nem preocupados. A grande maioria defende que os seus filhos estão no tempo de cometer esses excessos, porque o tempo da responsabilidade chegará mais tarde. Muitos deles referem que participam em festas muito semelhantes, como são o exemplo das festas de “troca de esposas”, onde só varia a idade das gerações.

Actualmente, o sexo está em todos os lugares, nos pensamentos, palavras, imagens e acções. Isto conduz as pessoas mais jovens, a práticas sexuais não convencionais. Por outro lado, vivemos numa sociedade cheia de regras, controle e convenções culturais. Estes adolescentes querem romper com estas fronteiras e viver na excentricidade e no amor livre.

As skins parties para além de serem festas de puro prazer, os adolescentes buscam a melhor imagem, o melhor filme, para logo de seguida serem inseridos na internet. Penso que, no inicio deste novo milénio, os jovens estão divididos entre a realidade virtual e a vida real. Será que os jogos das gerações actuais são diferentes das dos nossos pais e avós.

publicado por franciscofonseca às 15:09
sinto-me:

4 comentários:
MeusLinks.com - Novo divulgador de links em fase de lançamento.
Cadastre seus links ou siga o twitter @meuslinkscom e concorra a um iPod Touch 4!
http://www.meuslinks.com
meuslinks.com a 28 de Março de 2011 às 04:43

MUITO BOM O POST

DIVULGUE SEUS LINKS AQUI TAMBÉM

HTTP://DONDRAS.BLOGSPOT.COM

E AUMENTE SUAS VISITAS!!!!
Hedigar a 28 de Março de 2011 às 15:14

é na adolescência que se cria a responsabilidade e o caráter...

Acho um absurdo os pais não estarem preocupados. É a vida dos próprios filhos, não é algo natural da idade. Adolescente não é sinônimo de tarado.

Concordo com você, os jovens não conseguem mais diferenciar internet de vida em carne e osso.
Porque o virtual existe, não é um mundo de mentirinha... Eles não tem consciência disso e não entendem as consequencias que essas ações podem alcançar mais tarde, na vida adulta deles.
Eu a 29 de Março de 2011 às 02:55

Obrigado pelo seu comentário.

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

13
15
17
19

20
22
24
26

27
29
31


Google Analytics

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

12 seguidores

pesquisar neste blog
 
TRANSLATE THIS BLOG
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
blogs SAPO