Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Já foram contabilizados 140 milhões de mulheres, que foram mutiladas sexualmente. Estas mulheres são literalmente dilaceradas pela amputação dos seus órgãos sexuais. Cerca de 6 mil meninas, a cada dia, são estropiadas por esta violência. Cortam-lhe o clítoris, com facas, lâminas, vidros, sem a mínima assepsia, nem anestesia.

A mutilação retira a liberdade de escolha para toda a vida. Contra esta aberração, que ceifa milhares de vidas em tenra idade, não há resoluções das Nações Unidas, não há ataques da OTAN, nem sanções internacionais.

Sou defensor, que os usos e costumes não devem ser abandonados. Mais, os símbolos, as identidades culturais, as tradições dos povos devem ser preservadas e documentadas, como património das civilizações. Sou contra aqueles que tentam monopolizar as civilizações e a cultura dos outros, como temos assistido ao longo dos tempos. Mas que me desculpem os defensores desta tradição, esta atrocidade, que continua a ser feita a milhares de mulheres constitui um crime para a humanidade.

Manda a tradição nestes países, que as mulheres que não são excisadas não prestam. Quando morrem, costuma-se atribuir a culpa a menina, porque já era impura, ou aos pais da menina, porque não foi educada na pureza. No Egipto, os genitais femininos externos são considerados “impuros” e a menina que não for circuncisa é chamada de nigsa, isto é, suja.

Segundo dados da Amnistia Internacional, os números são arrepiantes em termos de prevalência. Somália - 99%; Sudão, Gâmbia, Djibuti e Etiópia - 90%; Serra Leoa - 80%; Burkina Faso - 78%; Nigéria e Guiné - 60%; Mauritânia e Libéria - 55%. Países como o Benin, República Centro Africana, Chade, Gana, Guiné-bissau, Mali, Senegal, Uganda, onde a mutilação se dá em proporções que variam de 20% a 45% do total de mulheres nativas. Seria bom, que em pleno século XXI, as mulheres conquistassem, definitivamente, os direitos e liberdades básicas em todo o mundo, pois as sociedades seriam bem mais humanizadas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45


5 comentários

Imagem de perfil

De Cláudia a 04.04.2011 às 19:50

A imagem é chocante e o texto mais ainda... Como é possível existirem tradições tão absurdas? O Homem é mesmo o pior animal que vive sobre a face da Terra.
Sem imagem de perfil

De Maresia a 06.04.2011 às 10:03

Atrocidade, só prova que o homem não evoluiu.
A meu ver é crime contra humanidade, mas por todo este são cometidos a título de impunidade.
Existe um certo cantinho em África em que violar uma criança, aos olhos de todos é permitido desde que o violador pague um dote, um dote que pode ser um simples lençol, ou uma peça de roupa.
E este animal degradante fica impune aos olhos da justiça, porque existe um foro, um costume.
Costume que prevalece até aos dias de hoje, mesmo esse país tendo assinado a carta das nações unidas.
Costume que não é derrogado porque dá jeito a alguns.
Costume que as autoridades políticas alertadas, dizem que nada podem fazer.
Como não podem fazer, se estão obrigados a derrogar o mesmo.
Pois é inacreditável como estas tradições absurdas se mantém nos dias de hoje.
Imagem de perfil

De franciscofonseca a 06.04.2011 às 12:01

Obrigado pelo seu comentário. Não poderia estar mais de acordo. O homem ainda vive em esferas muito atrasadas, quase animalescas, onde os direitos humanos são violentamente trucidados em prol de rituais e costumes aterrorizantes.
Sem imagem de perfil

De Setzer a 09.04.2011 às 05:33

Esse post não agrega nada. Tanto faz falar sobre isso, mas nenhuma atitude é tomada. Fazer um protesto imbecil contra isso é sem noção, pq o povo lá vai continuar fazer isso até o fim dos tempos.
Niguem vai invadir um pais pra fazer isso parar só pq dói... se tivesse dinheiro envolvido no meio, alguem até poderia se mobilizar, mas quem tá se fudendo é mulher pobre, então os grandes paises não estão nem ai.
E sem falsa demagogia de falar que se importa.. se se importa mesmo, vai lá e ajuda, não fica fazendo comentários na internet, que isso não é se importar. isso é ser falso.
Pra finalizar.. quem faz isso com as mulheres são outras mulheres. Não tem nenhum cortador de vaginas masculino lá.
Sem imagem de perfil

De Marta Moura Teixeira a 28.05.2011 às 00:47

como e possivel nos dias de hoje ainda fazerem esta monstruisidade com meninas criança e mulheres ao ponto de dizerem que a mulher e suja não é pura. As Nações Unidas deviam por os olhos nisto.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D