Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O pecado original do Brasil: a corrupção

por franciscofonseca, em 15.09.11

Em nove meses de governação a presidente Dilma Rousseff perde o seu quinto ministro, por alegada corrupção. O ministro brasileiro do Turismo, Pedro Novais, demitiu-se devido à utilização de dinheiros públicos, para pagar a empregados domésticos. Os ministros da Agricultura, Defesa, Transportes e Relações Institucionais, também caíram, por suspeitas de práticas de corrupção.

Hoje, a sociedade brasileira debate se estas demissões constituem uma limpeza no governo, operada por Dilma, ou pelo contrário representam a fragilidade da sua administração.

É com alguma tristeza, que constato que a corrupção no Brasil é endémica, ou seja, ela faz parte do sistema político, da sua arquitectura, da forma como os três poderes se correlacionam. Este é o pecado original do Brasil, isto é, algumas franjas da sociedade servem-se dos dinheiros públicos. Serve-se o ministro, serve-se o governador, serve-se o deputado, serve-se o procurador, serve-se o polícia, serve-se o escrivão, serve-se o cunhado, e quase “todo o mundo” acaba por servir-se da coisa pública.

Dilma tem nas mãos um país que é o maior exportador mundial de ferro, carne, frango, açúcar, café e muito brevemente será um dos principais exportadores de petróleo. Actualmente, o Brasil está a ser invadido rapidamente por fluxos de capitais, que fez do real, uma das moedas mais supervalorizadas do mundo.

O custo de vida, a habitação, o aluguer de escritórios e os ordenados de gestores, em São Paulo e no Rio de Janeiro são mais elevados do que em Nova
York. O real muito valorizado faz temer o pior, ou seja, o Brasil perder mercado no exterior, aumento da inflação, aparecimento de bolhas de especulação financeira, o aparecimento de instabilidade social e o aumento da corrupção.

O capital que invade rapidamente um país, também pode abandoná-lo a mesma velocidade. Temo que o futuro que acaba de chegar seja breve. Está nas mãos dos governantes brasileiros não deixar fugir o futuro, e para isso a luta contra a corrupção deve ser um desígnio nacional.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:04


5 comentários

Imagem de perfil

De Cláudia a 15.09.2011 às 22:31

Pois é, mas infelizmente, não há uma árvore de políticos, eles saem do meio do povo, são o seu reflexo!
Imagem de perfil

De franciscofonseca a 15.09.2011 às 23:08

Obrigado pelo comentário. Essa é uma grande verdade. Mas é chegada a hora de mudar essa cultura que está enraizada na sociedade brasileira. As novas gerações têm uma grande responsabilidade e oportunidade para mudar de rumo.
Sem imagem de perfil

De Tyr a 17.09.2011 às 12:21

Francisco, boa matéria.
Uma coisa. Tenho de ser objetivo e procurar ser isento do que diz respeito a atuação. Dilma até aqui se mostrou, digamos, pouco efetiva no governo no que diz respeito a ação contra a corrupção. Mas se notar, isso se aplica com a palavra 'diretamente'.
Só fui eu qeu vi que na pratica todos os que vinham do antigo governo estão caindo pelo caminho? Que a exposição seja de quem for em pontos chaves aparece constantemente e ela sem dó nem piedade ela oblitera/elimina o mesmo?

P.S.: Salve Francisco. Não sabia que era de Portugal! Gostei e gosto da matéria política.
Abraços.
Imagem de perfil

De franciscofonseca a 17.09.2011 às 18:33

Obrigado pelo comentário. Volte sempre.
Sem imagem de perfil

De Agregador Toneladas a 19.09.2011 às 01:22

Boa noite, sou do agregador Toneladas www.toneladas.blog.br

Verifiquei que o banner que vocês add n tem o número de seu ID sem ele nosso sistema n consegue computar as visitas que vocês estão enviando. Para pegar o número de ID é só logar no agregador na lateral direita tem Sistema de parceria>>>Ver banners>>> lá terá nossos banner já com o ID de vocês ^^ qualquer dúvida favor entrar em contato: contato@toneladas.blog.br

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D