Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As profissões causadoras de maior stress

por franciscofonseca, em 11.04.12

As profissões causadoras de maior stress O perigo e os riscos são ingredientes comuns às profissões que integram o Top 5 das mais stressantes: soldado em combate, bombeiro, piloto de aviação comercial, general das forças militares e polícias. Nos dias de hoje, quem não conhece o stress, ao vivo e a cores. No mundo real, e no mundo do trabalho, em particular, é impensável não experienciar níveis de stress, ou seja, pressão sentida em resposta a situações de risco, em maior em menor grau.

Apesar de a nossa resposta ao stress ser um fator inerente às nossas características biológicas, e ter constituído, outrora, um fator chave para a sobrevivência dos nossos antepassados, hoje raramente temos de nos preocupar em ser comidos vivos literalmente no ambiente de trabalho, mas temos de nos precaver, pois podemos ser engolidos vivos pelos nossos pares.

Os fatores potenciadores do stress passam pelo ambiente de trabalho, pela competitividade no emprego, pelo potencial de crescimento e os desafios encontrados. Mas também as deadlines, o contacto com o público, a exposição a audiências, as exigências físicas da profissão e até o risco de morte para o próprio e para terceiros potenciam o stress. O nível de incerteza no local de trabalho aumenta exponencialmente o nível de stress das pessoas, e os tempos não são de outra coisa, senão de incerteza.

Os polícias acusam a rotina profissional em permanente apreensão, face à missão de garantir a segurança pública. Os perigos que enfrentam diariamente, a rotina de luta contra o tempo e a pressão na tomada de decisões rápidas no combate ao crime urbano fazem desta profissão uma das mais stressantes, mas que em Portugal continua a ser vista e tratada, como uma profissão sem qualquer desgaste adicional. Quando se navega em águas calmas todos pensam em laser, chegada a turbulência todos procuram segurança. Esta pode chegar em breve.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:52



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D