Blog de crítica e opiniões sobre as políticas que afetam negativamente a humanidade. O Homem na atualidade necessita urgentemente de arrepiar caminho, em busca de um novo Mundo!

30
Dez 12

Eu em 2012 não deixei ninguém para trás. Algumas pessoas é que me perdem um pouco todos os dias e nem perceberam. Um irmão pode não ser um grande amigo, mas um amigo será sempre um irmão. Não me julguem pela metade se não me conhecem por inteiro.

Falta de coragem nas nossas vidas causa perda de momentos incríveis. Coragem é resistência ao medo, domínio do medo, e não ausência do medo, não ter medo é ser-se inconsciente. Não atiro a toalha ao chão, nem me desencorajo, porque cada tentativa errada descartada é outro passo à frente na minha caminhada.

Quem olha muito para trás na sua vida, esquece que para viver é preciso seguir em frente, sempre. Errar ontem, aprender hoje e superar amanhã é a filosofia a seguir. Preocupo-me com o futuro porque é onde vou passar o resto da minha vida.

A verdadeira liberdade consiste em sermos senhores de nós mesmos. Aqueles que abrem mão da liberdade essencial por um pouco de segurança temporária não merecem nem liberdade nem segurança. O segredo da felicidade está na liberdade; o segredo da liberdade está na coragem.

No mundo há riqueza suficiente para satisfazer as necessidades de todos, mas não para alimentar a ganância de cada um. O que o dinheiro faz por nós, na maioria das vezes não compensa o que fazemos por ele. Nada falta nos funerais dos ricos, exceto alguém que sinta sua morte. O homem vale mais por aquilo que é do que por aquilo que tem.

Se queres formar um juízo acerca de um homem, vê quem são os seus amigos. A inveja e o ciúme não são vícios nem virtudes, mas sentimentos penosos, livra-te deles. É sempre mais fácil criticar do que fazer melhor. Usa o teu sorriso para mudar o mundo, mas não deixes o mundo mudar o teu sorriso. Nesta vida não tenho tempo para ser infeliz. Feliz 2013 para todos os leitores deste blog.

publicado por franciscofonseca às 18:11
sinto-me:

23
Nov 10

A Organização das Nações Unidas, cada vez mais perde terreno, em detrimento de outras organizações, como é o caso do G20. Vivemos tempos de crises múltiplas. Esta era, exige também soluções múltiplas. Deveria ser a ONU a apresentar essas soluções e, a implementá-las no terreno, pois é a organização com legitimidade em toda a parte do Mundo.

 

Todos sabemos, que o grupo de países do G20 representam 80% do PIB mundial e também 80% da população do Mundo. Estes dois factores por si só influenciam e afectam em grande parte a economia mundial. A ONU deveria de aproveitar, esta janela de oportunidade, para fazer expandir de forma uniforme, soluções tendentes a resolver, estas crises múltiplas, que o Mundo moderno enfrenta.

 

Penso que o trabalho desenvolvido, por estas organizações, poderia ser muito mais profícuo, complementar e cooperativo, no sentido de em conjunto procurarem as melhores práticas, para solucionar os principais problemas, que afectam a Humanidade. Nestes casos a competição, só traz derrotas para todos.

 

Neste sentido, eu gostaria de ver no futuro, planos, estratégias, operações, realizadas em estreita cooperação, em prol de um Mundo melhor, onde o desenvolvimento, o bem-estar, a prosperidade, a solidariedade, a amizade e a fraternidade, constituíssem valores partilhados por todos os povos.

 

Para mudar o Mundo, não existe nenhum país, nenhum líder, nenhum grupo de países, nenhuma religião, que o consiga fazer, somente a vontade conjunta conseguirá alcançar esse objectivo universal.

 

Francisco Fonseca

publicado por franciscofonseca às 17:02
sinto-me:
música: Praan - Garry Schyman

Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts mais comentados
subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

10 seguidores

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO