Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A barbárie na europa no século XXI

por franciscofonseca, em 09.08.12

A história que os povos europeus contaram de si mesmos durante séculos foi marcada pelo orgulho. Possuíam uma notável cultura e civilização, cuja matriz greco-latina e cristã era considerada superior a qualquer outra existente. Esta presunção legitimou a sua expansão pelo mundo, a conquista e colonização de outras regiões e povos.

Mas a barbárie acontece hoje aos olhos de todas as autoridades, nacionais e internacionais, sem que nenhuma medida concreta seja adotada. Se a barbárie está presente através de atos na própria civilização, desbarbarizar tornou-se uma questão urgente na educação dos povos.

Os habitantes das Ilhas Faroé, uma província autônoma da Dinamarca desde 1948, proporcionaram um grande derramamento de sangue durante o tradicional ''Grindadrap'' nesta ultíma quarta-feira. Estes moradores das Ilhas Feroé matam grupos inteiros de baleias, incluindo as grávidas e jovens. As baleias agonizam e sangram até a morte, enquanto selvagens bêbados golpeiam, esfaqueiam, batem e cortam os animais indefesos até sua morte, enchendo a baía de sangue. Nas Ilhas Feroé, até as crianças são encorajadas por adultos a cortarem as baleias até a morte.

Esta espécie de baleias é classificada como estritamamente protegida pela Convenção Europeia de Conservação da Vida Selvagem. Permitindo este massacre nas Ilhas Faroé, a Dinamarca falha nas suas obrigações como signatária desta convenção, mas durante décadas sempre impune.

O grande cúmplice da tirania é o silêncio; não atacar o despotismo é a maneira mais covarde de servi-lo; não denunciá-lo é auxiliá-lo; estar próximo dele sem feri-lo é a maneira mais vil de protegê-lo; e proteger o crime é mil vezes pior que cometê-lo; eis aí a hora em que a palavra é um dever e o silêncio é um crime.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:16

Os caminhos do Homem!

por franciscofonseca, em 09.12.08

Este mundo cheio de incertezas nas várias esferas na nossa vida. Somos constantemente bombardeados por notícias sensacionalistas de atentados, conflitos e crimes violentos, que ocorrem por todo o Globo.

Na era da globalização, os grupos terroristas e as organizações criminosas encontraram um ambiente favorável à sua movimentação e expansão. Estes grupos e organizações movimentam pessoas, dinheiro, armas e explosivos, num mundo em que tais fluxos, em escala cada vez maior fornecem, com a ajuda das novas tecnologias, excelente cobertura para as suas actividades.

Este novo século será que vai ser diferente!

O caminho parece-me o mesmo…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:07


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D