Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Disciplina volta que estás perdoada

por franciscofonseca, em 23.09.12

A disciplina é algo que, no início, é imposta. À medida que descobrimos a importância de sermos disciplinados, passamos a cultivar esse hábito e treiná-lo todos os dias. É assim que deve ser feito. Não há outro caminho. Eu, pelo menos, não conheço. É preciso, em primeiro lugar, perceber que, com disciplina, conseguimos fazer o que realmente é importante para nós, sem nos deixar vagar livremente, incorrendo em inúmeras horas perdidas, em desejos que não se realizam.

Hoje, eu entendo todos os nossos males, o mal do país, que consiste em não termos conseguido impor disciplina na educação a todos nós. A disciplina é sinónimo de aprendizagem e desempenha um papel importante nas conquistas das crianças e de todos nós.

Os principais fatores são o autocontrolo, isto é, reconhecer os seus próprios impulsos, como são desencadeados, como podem magoar os outros e como os controlar. Depois é importante o reconhecimento dos nossos sentimentos e daquilo que lhes está subjacente: identificá-los, expressá-los ou mantê-los escondidos, caso seja necessário.

Por outro lado, a perceção dos sentimentos dos outros: compreender as suas causas, preocupar-se com aquilo que eles sentem e reconhecer o efeito que os seus atos têm sobre os outros. Outro fator importantíssimo e tantas vezes esquecido na nossa sociedade é o desenvolvimento de um sentido de justiça e a motivação para nos comportarmos de forma justa.

Por último, o altruísmo: a descoberta da alegria de dar, e até de fazer sacrifícios por outros seres humanos. A nossa sociedade é tendencialmente egoísta, devido ao consumismo que foi imposto pelo poder económico.

A disciplina é essencial para a criação de um ser Humano com sentimento de justiça, equidade e respeito, sendo capaz de tirar prazer por dar aos outros, reconhecendo que o sacrifício faz também parte da vida.

A palavra disciplina não é compreendida quer em termos pessoais, quer em termos políticos. Disciplina implica saber não magoar, compreender as causas dos sentimentos das pessoas, agirmos de forma justa, proporcionando alegria aos que nos rodeiam, mesmo que tal acarrete sacrifícios nossos. Conclusão é todos indisciplinados. Chegou a hora de incutirmos a disciplina nos mais novos para que nos possamos orgulhar deles, e eles, por seu turno, conseguirem orgulhar-se de nós.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:45


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D